domingo, 25 de março de 2012

Encontro de Mulheres do PSB

Acima, Manuela D´Ávila fala da importância da participação de mulher; abaixo Beto Grill e Ferronato  e o plenário lotado (fotos Fernando Cibelli)

Tratativas finais para a consolidação de Manuela D´Ávila como candidata a prefeita em Porto Alegre foram notícia na coluna de Rosane de Oliveira (página 10) de sábado (14/04). A informação é de que a articulação da pré-candidata ocorre em torno de Airto Ferronato (PSB) e mais duas opções; com nomes que sairiam do PP ou PSD.

sábado, 24 de março de 2012

Ferronato recebe time da Cruz Vermelha Brasileira

Ferronato e Auler na reunião da Comissão da Copa (fotos Fernando Cibelli)
A convite do presidente da Comissão Especial de Acompanhamento e Apoio à Copa do Mundo de Futebol de 2014, Airto Ferronato, representantes da Cruz Vermelha estiveram na Câmara Municipal, nessa quinta-feira (22/03). O secretário-geral da Cruz Vermelha Brasileira/filial RS, Afonso Auler, lembrou que a entidade está presente em 185 países e tem como princípios a humanidade, a imparcialidade, a neutralidade, a independência, o voluntariado, a unidade e a universalidade. Falou ainda que a Cruz Vermelha tem como missão melhorar a vida de pessoas vulneráveis. Auler comunicou que a Cruz Vermelha tem 295 mil empregados, 100 milhões de colaboradores e 215 milhões de pessoas assistidas em todo mundo. Segundo Auler, a Cruz Vermelha foi fundada em 1908, no Estado do Rio de Janeiro. A proposta da Cruz Vermelha é participar do evento Copa do Mundo disponibilizando diversos serviços que vão da capacitação de mão-de-obra especializada, até suas atividades afins como atendimento de primeiros socorros em áreas de estádios de futebol e de aglomeração de pessoas. (Fernando Cibelli de Castro com Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Porto Alegre)

quarta-feira, 21 de março de 2012

Restrição ao crédito para microempresas


Airto Ferronato

Quase 60% das MPEs não sobrevivem aos primeiros cinco anos do início das atividades. Além do mais, é generalizada a dificuldade das pequenas empresas que escaparam do desastre inicial. Seus executivos lutam bravamente para a sobrevivência. É complexa essa manobra. Bem-sucedidas, as MPEs contribuem para o desenvolvimento da Nação. Em sentido amplo, não é novidade o alto nível de postos de trabalho gerados pelas microfirmas. Em sentido mais restrito, sabe-se da relevância dos pequenos negócios no âmbito dos municípios brasileiros, incapazes de atrair grandes empresas. Segundo o IBGE, esse segmento emprega 57,2% dos trabalhadores e responde por 20% do PIB nacional. Para exemplificar, em 2005 foram constituídas 722 mil novas empresas e, destas, 544 mil foram extintas.
Um procedimento serve como fator decisivo para o tombo dos pequenos. Visando a assegurar a qualquer custo a recuperação dos empréstimos, o Banco do Brasil é companheiro dessa prática. Alguém, a mando do banco, telefona ao microempresário oferecendo uma proposta de renegociação da dívida. A proposição é tentadora e a solução soa milagrosa. Com a renegociação, sem qualquer aviso, sem alerta algum, a pequena firma e seus sócios passam a ter restrição ao crédito, não podendo mais tomar empréstimo junto ao banco. Então, o carrasco medieval, o banco, estabelece o fim dos tempos para a recém-nascida. Pois bem, apresentei uma proposta na Câmara Municipal. A renegociação de dívidas das MPEs, sugerida pelos credores, somente poderá acarretar restrição ao crédito das empresas e de seus sócios se o contrato contiver cláusula prevendo a restrição e se assinado pelo microempresário. O projeto foi vetado pelo prefeito alegando tratar-se de tema da competência exclusiva da União. E a bancada governista manteve o veto. Eles estão errados.

Vereador/PSB, Mestre em Gestão de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas e autor do livro Gestão Contábil/Financeira de micro e pequenas Empresas (Ed. Atlas)

Jornal do Comércio (21/03/2012)

segunda-feira, 19 de março de 2012

Ferronato acompanha Luigi

Ferronato à esquerda com o secretário especial da Copa João Bosco Vaz e o presidente do Inter Giovanni Luigi
Ato de assinatura do contrato (Inter/AG) fotos Fernando cibelli
Como presidente da Comissão de Acompanhamento e Apoio à Copa do Mundo de 2014, o vereador Airto Ferronato, convidado pelo presidente do Legislativo Municipal, Mauro Zacher, foi recebido pelo presidente do Sport Clube Internacional Giovanni Luigi nesta segunda-feira (19/03), momentos antes da assinatura do contrato entre o clube e a empresa Andrade Gutierrez. 


Os três percorreram aproximadamente 200 metros que separam as dependências da presidência do Inter e o salão nobre do Conselho Deliberativo, pela área externa do estádio.Como autoridade fiscalizadora das obras da Copa, Ferronato comemorou a retomada da reforma do Beira-Rio marcada para esta quarta-feira (21/03).

quinta-feira, 8 de março de 2012

Manifestação de mulheres e homens por Manuela


Manuela, acima recebeu flores da direção municipal do PSB abaixo - (fotos Fernando Cibelli)




PSB enviou diversos grupos e movimentos como conferimos nas fotos






Nesse 8 de março, Dia Internacional da Mulher, o PSB se fez presente na manifestação da Esquina Democrática, em homenagem à Manuela D´Ávila, deputada federal e pré-candidata à Prefeitura Municipal de Porto Alegre.

Homenagem a todas as mulheres

Nossa homenagem a todas as mulheres nesse dia 8 de março. Essas vitoriosas guerreiras que, por conta de sua sabedoria, tenacidade e ternura, souberam conquistar seu merecido espaço na sociedade.


Airto Ferronato

quarta-feira, 7 de março de 2012

Visita às Ilhas com Manuela

O vereador Ferronato esteve presente nas reuniões do último final de semana com as comunidades das ilhas para ouvir as reivindicações das comunidades. As principais reclamações apontam para a ausência da administração municipal, principalmente na Grande Ilhas dos Marinheiros e na Ilha da Pintada. No corpo a corpo, Ferronato esteve ao lado da deputada federal Manuela, pré-candidata à Prefeitura Municipal. Nos próximos meses, esse tipo de atividade  será repetido em diversas comunidades de Porto Alegre. Segundo Ferronato, é importante conhecer de perto os problemas da cidade.

sexta-feira, 2 de março de 2012

Bloco de unidade começa a ser formado


Um novo bloco de busca da unidade das oposições para a disputa à Prefeitura Municipal de Porto Alegre começou a ser desenhado nessa quinta-feira (1o de março). Se somaram à aliança liderada pelo Pc do B e PSB, duas bancadas na Câmara Municipal de Porto Alegre, Partido Pátria Livre e PSD. Manuela foi à Câmara para debater a aliança de oposição.
Acima Ferronato e Manuela - abaixo o novo bloco de sustentação (Ferronato, Tarciso, Manuela, Proença, Tessaro e Bernardino) - Fotos Fernando Cibelli

Ferronato defende Copa em Porto Alegre




Ferronato acima e Giaretta - última foto abaixo defendem que Beira-rio deve ser sede da Copa - Foto Fernando Cibelli



O gerente de Patrimônio do Sport Club Internacional, engenheiro Hélio Giaretta Júnior, disse, na manhã desta quinta-feira (1º/3), que acredita na realização da Copa do Mundo de 2014 no Estádio Beira-Rio. A afirmação foi feita na Câmara Municipal de Porto Alegre, em reunião promovida pela Comissão Especial de Acompanhamento e Apoio à Copa do Mundo de Futebol de 2014. Representantes da empreiteira Andrade Gutierrez e do Banrisul foram convidados, mas não compareceram à reunião.

O presidente da comissão especial, Airto Ferronato (PSB), admitiu que demoraria muito tempo fazer todos os acertos necessários para um novo pré-contrato. “Qualquer modificação precisa do aval da Fifa”, frisou. O vereador criticou, porém, o fato de a Andrade Gutierrez, uma empresa que, segundo ele, fatura R$ 18 bilhões/ano, reclamar das exigências do Banrisul. Ele lamentou as ausências dos representantes da Andrade Gutierrez e do Banrisul, garantindo que foram convidados para a reunião. (Assessoria de Imprensa CMPA)