quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Ferronato está engajado no projeto dos novos bairros



Ferronato irá participar d todas as etapas do projeto dos novos bairros (Fotos) Fernando Cubelli de Castro 
O mapa da nova configuração da zona Leste e parte da norte
Serão dez audiências públicas e inúmeras reuniões técnicas para aprovar o projeto que unifica e legaliza a criação de seis bairros de Porto Alegre, os quais já estão no vocabulário popular, mas ainda permanecem fora do mapa oficial da cidade. Nesta terça-feira, 28/02, a Prefeitura deflagrou o processo de discussão sobre a proposta que em seu último momento terá de ser aprovada pelo Legislativo municipal. Ferronato estava lá representando a comunidade da Protásio Alves, e que futuramente deverá ser denominada Morro Santana. Atualmente, Porto Alegre conta com 81 bairros, legalizados em 28 leis.




Calendário
1ª Fase - Abertura da Audiência Pública: 28/2

2ª Fase – Oito reuniões organizadas por grupos de bairros (18h - 20h)

Reunião 1: 29/2 - apresentação dos bairros:
Auxiliadora, Azenha, Bela Vista, Bom Fim, Centro Histórico, Cidade Baixa, Farroupilha, Floresta, Independência, Jardim Botânico, Menino Deus, Moinhos de Vento, Mont’ Serrat, Petrópolis, Praia de Belas, Rio Branco, Santa Cecília, Santana.
Reunião 2: 5/3 - apresentação dos bairros:
Anchieta, Arquipélago, Boa Vista, Cristo Redentor, Farrapos, Higienópolis, Humaitá, Jardim Floresta, Jardim Itu, Jardim Lindóia, Jardim São Pedro, Marcílio Dias, Navegantes, Passo da Areia, Santa Maria Goretti, São Geraldo, São João, São Sebastião, Vila Ipiranga.
Reunião 3: dia 7/3 - apresentação dos bairros:
Rubem Berta, Sarandi, Bairro Novo – nomes sugeridos: Jardim Leopoldina ou Passo das Pedras.
Reunião 4: 12/3 - apresentação dos bairros:
Bom Jesus, Chácara das Pedras, Jardim Carvalho, Jardim do Salso, Jardim Sabará, Mario Quintana, Três Figueiras, Vila Jardim, Bairro Novo – nomes sugeridos: Alto Petrópolis ou Morro Santana ou Protásio Alves.
Reunião 5: 14/3 - apresentação dos bairros:
Belém Velho, Cascata, Cristal, Glória, Medianeira, Santa Tereza.
Reunião 6: 19/3 - apresentação dos bairros:
Camaquã, Campo Novo, Cavalhada, Espírito Santo, Guarujá, Hípica, Ipanema, Jardim Isabel, Nonoai, Pedra Redonda, Serraria, Teresópolis, Tristeza, Vila Assunção, Vila Conceição, Vila Nova, Bairro Novo – nome sugerido: Aberta dos Morros.
Reunião 7: 21/3 –apresentação dos bairros:
Agronomia, Coronel Aparício Borges, Lomba do Pinheiro, Partenon, Santo Antônio, São José, Vila João Pessoa.
Reunião 8: 22/3 - apresentação dos bairros:
Belém Novo, Chapéu do Sol, Lageado, Lami, Ponta Grossa, Restinga, Bairro Novo - nomes sugeridos: Extrema ou São Caetano, Bairro Novo – nome sugerido: Pitinga.
 
3ª Fase - Apresentação de Relatório Geral e Encerramento da Audiência Pública: 27/3

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012


Ferronato quer alterar Lei das Antenas para implantar 4ª Geração na Cidade





Projeto de Lei de autoria do vereador Airto Ferronato alterando a legislação atual referente a estações de rádio-base (ERBs) para telefonia celular na Capital, com vistas à implantação de 4G (4ª geração) na cidade, foi tema de discussão na  Comissão de Saúde e Meio Ambiente (Cosmam) da Câmara Municipal. A reunião teve participação de representantes do Executivo, do Ministério Público, de operadoras de telefonia, da Ufrgs e da comunidade. A principal vantagem do 4G é o aumento considerável da velocidade de transmissão de dados o que torna possível, por exemplo assistir filmes de alta definição enquanto são baixados, ou armazenar videos no computador no momento que estão sendo capitados pela câmera.

Na oportunidade, o vereador  enfatizou que sua proposta não revoga a atual lei, mas a modifica. Ferronato recordou que, como presidente da comissão especial sobre a Copa do Mundo da Câmara, em 2011, recebeu “pedidos insistentes” da necessidade de viabilizar a tecnologia 4G na Capital para facilitar a comunicação durante o evento. Na sua opinião, a atual legislação precisa de adaptações às novas tecnologias.